Posts Tagged ‘Supernatural’

The free time

É, como o título do post diz, eu tô com muito tempo livre. E tô investindo em mim (lê-se: lendo, vendo filmes, ouvindo boa música e assistindo minhas séries s2). E peguei firme com a sexta temporada de CSI. Aham, eu tô na sexta… e vc que é chato?

Além de CSI, dediquei-me a Six Feet Under e comecei The Killing, fora que peguei Mad Men, Braking Bad e Game of Thrones. Yeah, yeah.

Abramos os trabalhos, então.

CSI
Putz, CSI não cansa, né?! Você assiste igual a um condenado, emenda 4701283982 episódios e tá lá, como se tivesse assistindo ao primeiro. Por isso eu curto. Terminei a sexta temporada e já tô no meio da sétima… E não diminuo o ritmo pq não dá. Essa porcaria vicia.

The Killing
Taí uma série puta boa. Sério, curti mucho. Ela é paradinha, se desenrola sem pressa, é atenta à detalhes. E a abertura? Uma das top 10 da tv. Tô no quarto episódio e doido pra ver mais.

Game of Thrones
Bom, é série HBO. Tem série ruim, série boa e série HBO. Eu assisti só ao piloto ainda, mas já dá pra ver que vai ser uma puta série, daquelas que viram clássicos, sabe?! Coisa típica de HBO. Como todo piloto de série épica, são apresentados 754938490370 personagens e não sabemos a real importância deles na história, mas com o tempo a gente descobre.

Six Feet Under
Eu confesso que tava com medo de Six Feet Under. Tava com medo de ser a única pessoa a não gostar dessa série, porque achei a primeira temporada meio sem-gracinha. Mas eu comecei a segunda, e cá estou: viciado como se não houvesse amanhã. Tô assistindo vários episódios, um atrás do outro e eu não canso. Sério, não levanto nem pra ir ao banheiro. *-* Michael C Hall tá único nessa série. É essa a hora que você v6e o quão bom é um ator. Seu personagem em Dexter é COMPLETAMENTE diferente do David, de SFU. E queria muito em DVD… se tiver alguma alma caridosa e rica aí… 🙂

E tem Supernatural… Putz, Supernatural. Next.

United States of Tara é a menina dos meus olhos. Acho que o Showtime deveria produzir duas temporadas por ano, hein. Assim como Nurse Jackie.

Bom, por enquanto é isso…

Valeu e até a próxima!

Supernatural – cartaz da 6ª temporada

Saiu o cartaz da sexta e última temporada. Check it out:

Legal, né?! Ficou bruuuuto! *-*

Valeu e até a próxima!

Swan Song

Esse foi o season (series, na minha opinião) finale de Supernatural. UHU!

Faz um tempo que eu não posto sobre Supernatural aqui. Isso aconteceu porque o antepenúltimo episódio me desanimou, daí a alegria de falar de Supernatural acabou caindo no esquecimento. Mas minha fé foi restaurada com esse episódio.

Deu pra ver claramente que os criadores da série queriam acabar com ela na quinta temporada porque esse episódio teve um puta gosto de final de série. Parece que a cena final foi colocada lá 2 minutos antes do episódio ir pro ar. Se fosse mesmo o fim da série, eu teria ficado satisfeito, apesar das coisas terem sido meio corridas.


Eu curti o modo que a história foi contada… meio que como um livro do Chuck. Muuuuita metalinguagem. E quem diria que o Impala 67 seria um personagem (isso mesmo, um PERSONAGEM) tão importante para a narrativa. Eu, com certeza, não.

Deu tanta dor no peito quando o Sam disse pro Dean não tentar salvá-lo depois que ele pulasse no buraco… Deu pra sentir a dor que o Dean sentiu com aquele pedido. Foi legal da parte do Sam em pensar em dar um pouco de “normalidade” pro Dean depois que tudo acabasse; a tal “apple pie life”. Eu juro que pensei que o Sam não ia conseguir controlar Lúcifer e pular naquele maldito buraco. Mas ele conseguiu, e foi justo na hora que ele viu o bonequinho no Impala. Daí a importância do carro pra narrativa. E o irmão meio-irmão dele (que servia de receptáculo para Miguel) foi junto. Mas que ator, ruim, o Jared. Quando ele tava interpretando Lúcifer, ele fazia uma cara de quem tá com gases. Vai estudar, Jared.





Castiel foi morto por Miguel, mas acabou voltando todo fodástico depois. Segundo ele, ele seria o xerife do céu agora e Deus continuava desaparecido.

É meio irônico o confronto final ser em Lawrence. 

Daí, no final do episódio o Sam (ou Lúcifer?) aparece, olhando para a casa onde Dean mora happily ever after. Eu espero, do fundo da minha alma que seja o Sam, porque essa história de briguinhas de anjo já deram.

Eu acho que a sexta temporada vai ser sobre Dean procurando e tentando matar (?) Deus, porque ele mesmo disse que ia procurar Deus e matá-lo. É meio sem pé nem cabeça, mas é o melhor rumo que a história pode tomar.

Bom, é isso aí.

Valeu e até a próxima!

Hammer Of The Gods

Que episódio foi esse? Parece que finalmente voltaram com tudo em Supernatural. Tudo foi muito sutil, muito simples, o que tornou tudo bom! MUITO bom!

Nesse episódio, os deuses orientais finalmente se metem na briga do apocalipse, tentando sobreviver. Eles se reúnem numa ‘convenção’ para discutir o futuro.


Eis, então, que aparece Gabriel, o que fingiu ser um trickster. E ele tenta fezer algum tipo de acordo, ou fazer com que os Winchesters fujam dali, porque, de um jeito ou de outro, eles morreriam.

Mas daí aparece Lúcifer e acaba com a festa. Mata todos os deuses, menos Kali, que é protegida por Gabriel. Gabriel finalmente toma rédea da situação e bate de frente com Lúcifer, dizendo que se fosse preciso matá-lo para salvar a humanidade, assim o faria.

Kali

Numa tentativa falha de matar Lúcifer, Gabriel acaba morrendo, pelas mãos do irmão.


Agora, depois desse resuminho corrido, vamos às opiniões.

Eu sempre achei muito interessante o modo com que Supernatural lidou com a história de Gabriel, que é um anjo famoso por ter ficado em cima do muro em relação à briga de Miguel e Lúcifer. Na série, ele continua em cima do muro.

Foi interessante ver que, quando ele finalmente mostrou sua opinião e tomou algum partido, ele morreu. E sua morte não foi em vão. Ela deu esperança e uma saída aos irmãos Winchester: mandar Lúcifer de volta para a sua prisão, através dos 4 anéis dos 4 Cavaleiros do Apocalipse.

Eu acredito que essa foi a saída encontrada para prolongar a série: dar mais uma cruzada para os irmãos. Eu espero que a história continue se desenvolvendo tão bem quanto ela se desenvolveu até agora. Quanto aos comentários decepcionados sobre os episódios anteriores, eu retiro o que disse, porque agora eu sei que Supernatural vai ter, sim, um belo final.

Valeu e até a próxima!

Point of No Return

Nossa, depois do episódio dessa semana, até fiquei mais tranquilo com relação a Supernatural. Que episódio bom e cheio de histórias complicadas! O que eu mais gostei foi o fato do episódio girar em torno da dor do Dean, que chega quase a ser palpável, tangível.

O episódio começa com Dean num motel, se preparando para dizer sim ao Miguel.


Sam, então, aparece com Castiel, frustrando os planos de Dean.

Mas isso era apenas o começo: o irmão bastardo dos dois foi trazido de volta à vida, pois ele também serviria como receptáculo para Miguel. Castiel, mais uma vez intervém, buscando o menino e levando-o para a casa de Bobby.

Dean decide que não deixará o irmão se sacrificar no seu lugar; ele aceitará Miguel.

Quando ele, Sam e o meio-irmão finalmente se encontram com Zacarias, Dean aceita Miguel em troca da proteção de algumas pessoas. E aí a melhor cena da temporada acontece: Dean mata Zacarias. UHU! Tava mesmo na hora daquele filho da p**a morrer.

No fim, Miguel acaba tomando o corpo do meio-irmão, por engano.

Uma dúvida: o corpo do menino não tinha sido salgado e cremado? Como ele voltou?

Bom, é isso aí. Valeu e até a próxima!

Supernatural’s Top 10

Ahhh, as listas. A EW ama elas, e eu também. Não tem como não publicar aqui quando uma lista nova sai. Então aqui vai a dos 10 melhores episódios de Supernatural.

1. Pilot
Primeira Temporada

Foi o episódio que a história e o formato da série foram apresentados. Casos separados que contribuem para a formação do todo.

2. A Very Supernatural Christmas
Terceira temporada, episódio 8

Episódio flashback que mostra o Natal na vida dos irmãos. Embora eles tenham falado sobre isso no passado, nós nunca tínhamos visto o porque da importância da família para os irmãos.

3. No Rest For The Wicked
Terceira temporada, episódio 16

Foi o episódio final da terceira temporada, em que Dean foi pro inferno. Todo mundo pensou que ele daria um jeito, que não iria e tal, mas nããão, mandaram o cara lá pra baixo. Isso contribuiu bastante para a história depois.

4. Abandon All Hope…
Quinta temporada, episódio 10

Episódio que temos uma das maiores perdas de Supernatural. Ellen e Jo, umas das poucas mulheres da série, morrem. Esse episódio mostra o preço de salvar o mundo. Perder pessoas próximas e queridas é uma possibilidade. Pessoalmente, eu continuo de luto por elas, não deviam ter morrido. Mulheres bem hardcore essas.

5. In The Beginning
Quarta temporada, episódio 3

Outro episódio no passado. Dean foi levado para a época que John e Mary (seus pais) se conheceram, para tentar mudar alguma coisa. Lá, ele descobre que sua mãe fez um pacto com o Demônio dos Olhos Amarelos e que ela e sua família eram caçadores, mas ela abriu mão disso para ter uma família. No fim, Dean não conseguiu mudar nada, pois qualquer convergiria para o pacto.

6. Mystery Spot
Terceira temporada, episódio 11

Um episódio com o Trickster, que depois descobrimos ser Gabriel. Nesse episódio Sam testemunha a morte de Dean várias vezes, e sempre que ele salva ele de algum modo, ele morre de outro. Chegam a ser engraçadas, e até bizarras algumas mortes.

7. What Is And What Should Never Be
Segunda temporada, episódio 20

Nesse episódio, Dean é levado para uma realidade alternativa, onde seus desejos foram realizados por um ‘djinn’. Sua mãe está viva e Jess, também. Ele não tem uma boa relação com Sam e é casado. No fim, Dean descobre que aquilo tudo é uma ilusão, e volta para o mundo real.

8. In My Time of Dying
Segunda temporada, episódio 1

Dean está quase morto, devido ao acidente no season finale da primeira temporada. John, seu pai, faz um pacto com o Demônio de Olhos Amarelos, para que ele morresse no lugar do Dean. Dean acorda e percebe o que seu pai fez. Enquanto estava entre a vida e a morte, Dean conheceu um ceifeiro, que o ajuda posteriormente.

9. All Hell Breaks Loose: Part II
Segunda temporada, episódio 22

Nesse episódio tudo acontece: a porta do inferno é aberta, Sam morre, Dean faz um pacto em troca da vida do irmão e o Demônio dos Olhos Amarelos morre. Ufa! Coisa pra ca**te. Pra mim, ficaria entre os top 3, mas como não fui eu quem fez a lista…

10. Lazarus Rising
Quarta temporada, episódio 11

Uma das minhas personagens favoritas aparece nesse episódio: Pamela. Nesse episódio, Dean volta do inferno, a Pamela dica cega, tentando ver os anjos =( e Castiel aparece. Tem que assistir, sério. Não esqueço do Castiel dizendo: “Because God commanded it.” Outro que ficaria no meu top 3.

Bom, é isso aí. Curtiram?

Valeu e até a próxima!

99 Problems

É, segundo episódio de Supernatural que não segue a linha da quarta e começo da quinta temporada. Agora eu estou mesmo com medo de cagarem na série.

Depois da história dos irmãos Winchester descobrirem que Deus lhes mandou não interferir no Apocalipse, Dean está completamente descrente de tudo, e não quer mais lutar. Castiel está bebendo, triste por ter um ‘pai’ ausente. Chegou até a pedir conselhos para o Dean.

Sam é o único que ainda acredita, que ainda quer lutar.

Pra mim não cola essa do Dean triste. Dean triste não presta. É a mesma, se comparado, a um Jack Bauer medroso, uma Patty Hewes burra, ou um Joey inteligente. Não clica. Dean tem que ser forte, pronto pra briga, com bom humor e cheio de piadinhas com humor negro.

No fim do episódio, ele vai visitar a mulher com quem quer formar uma família e diz que vai protegê-la. Diz que conseguirá proteção para ela quando fizer o que tem que ser feito, o que deveria ter feito a muito tempo. Essa conversa soou a Dean dizendo sim para Miguel. Veremos no que isso vai dar semana que vem. Se a coisa não ficar boa daqui para frente, a gente tem que diminuir as expectativas, porque o final vai ser cagado. Fazer o quê? Culpa da CW.

Valeu e até a próxima!