Posts Tagged ‘Nurse Jackie’

The free time

É, como o título do post diz, eu tô com muito tempo livre. E tô investindo em mim (lê-se: lendo, vendo filmes, ouvindo boa música e assistindo minhas séries s2). E peguei firme com a sexta temporada de CSI. Aham, eu tô na sexta… e vc que é chato?

Além de CSI, dediquei-me a Six Feet Under e comecei The Killing, fora que peguei Mad Men, Braking Bad e Game of Thrones. Yeah, yeah.

Abramos os trabalhos, então.

CSI
Putz, CSI não cansa, né?! Você assiste igual a um condenado, emenda 4701283982 episódios e tá lá, como se tivesse assistindo ao primeiro. Por isso eu curto. Terminei a sexta temporada e já tô no meio da sétima… E não diminuo o ritmo pq não dá. Essa porcaria vicia.

The Killing
Taí uma série puta boa. Sério, curti mucho. Ela é paradinha, se desenrola sem pressa, é atenta à detalhes. E a abertura? Uma das top 10 da tv. Tô no quarto episódio e doido pra ver mais.

Game of Thrones
Bom, é série HBO. Tem série ruim, série boa e série HBO. Eu assisti só ao piloto ainda, mas já dá pra ver que vai ser uma puta série, daquelas que viram clássicos, sabe?! Coisa típica de HBO. Como todo piloto de série épica, são apresentados 754938490370 personagens e não sabemos a real importância deles na história, mas com o tempo a gente descobre.

Six Feet Under
Eu confesso que tava com medo de Six Feet Under. Tava com medo de ser a única pessoa a não gostar dessa série, porque achei a primeira temporada meio sem-gracinha. Mas eu comecei a segunda, e cá estou: viciado como se não houvesse amanhã. Tô assistindo vários episódios, um atrás do outro e eu não canso. Sério, não levanto nem pra ir ao banheiro. *-* Michael C Hall tá único nessa série. É essa a hora que você v6e o quão bom é um ator. Seu personagem em Dexter é COMPLETAMENTE diferente do David, de SFU. E queria muito em DVD… se tiver alguma alma caridosa e rica aí… 🙂

E tem Supernatural… Putz, Supernatural. Next.

United States of Tara é a menina dos meus olhos. Acho que o Showtime deveria produzir duas temporadas por ano, hein. Assim como Nurse Jackie.

Bom, por enquanto é isso…

Valeu e até a próxima!

A beleza do midseason

Ahh, o midseason mal começou e já tá dando resultados na minha vida. Além de eu poder respirar, já comecei a colocar em dia coisas atrasadas e assistir coisas novas (apesar disso não ser uma coisa boa). Como tive várias surpresas nesse feriado, compartilharei algumas com vocês. =)

True Blood

Já era. Viciei. Viciei ao ponto de querer os DVD’s da série, junto com os de Grey’s e House. Pra ter uma idéia, só ontem eu assisti 5 episódios, de uma hora cada. Pois é. E olha que nem vi o tempo passar. Eu fui assistir essa série por causa dos posteres, que eu já coloquei aqui no blog, e foi a melhor surpresa que eu já tive em muito tempo.


O piloto é bem chato, mas hoje em dia, poucos são bons e os que são viram uma série Lost. Ops! Enfim, True Blood é um suspense romântico, que te deixa preso à história e tem excelentes cliffhangers. A série é sensual na medida certa, apesar de algumas cenas de sexo explícito serem um pouco desnecessárias. Mas, e daí? Só tem gente bonita nessa série. Acho que termino a primeira temporada essa semana, ainda. Tá muito bom.

True Blood é mesmo tudo aquilo que diziam sobre ela. UHUL! Finalmente alguma coisa pra me animar depois do fim Daquela-Que-Não-Se-Deve-Falar (Lost).

Hung

Comecei a assistir essa série (também da HBO) e ela é completamente diferente do que eu pensei. Ela é mais parada e nada engraçada, apesar de ser uma comédia. Já assisti quatro episódios e ainda não recomendo. Vou assistir o quinto, se não engatar, eu largo.

A série é sobre um professor que acaba virando um gigolô por necessidade financeira. Como ele é o cara mais bem-dotado da cidade (daí o nome da série), ele vê na profissão mais velha do mundo a possibilidade de ganhar dinheiro fácil. Juro que pensei que seria mais engraçado. E por mais contraditório que isso soe, Hung tem menos cenas de sexo que True Blood.

Sex And The City

Com Sex And The City o negócio foi o seguinte: sabe aquela série que você quer ver, mas tem preguiça de baixar? Então, eu assisti o primeiro filme esse final de semana, pra poder assistir o segundo no cinema. E eu curti. Curti bastante. Tanto que fui correndo baixar a série. Baixei e assisti o piloto.

É meio estranho assistir o filme e depois a primeira temporada da série. As atrizes estão completamente diferentes. E a narrativa é um pouco diferente também, mas nada que a gente não se acostume. Tô animado, vamos ver =)

*

The Good Wife progride lenta e constante. Tá muito bom. MUITO mesmo. Se ainda não assistiu, corra e baixe nesse instante.

*

Nurse Jackie evolui lindamente. A história começou a se complicar e estamos vendo coisas que pensávamos que não seria possível. Tô curtindo a O’Hara boladona e a Jackie cagona. HAHAHAHA

*

United States of Tara. É. Faz anos que não comento, né?! Mas essa semana sai um puta post sobre ela. Logo depois de eu ir no cinema assistir Sex And The City 2.

Bom, galera. É isso.

Valeu e até a próxima!

Nurse Jackie

Então, eu alcancei Nurse Jackie (em relação aos EUA) e eu não postei nada aqui. Postei um mini-review depois de assistir uns dois episódios, mas depois necas!

Por causa disso eu tô aqui hoje. Acabei de assistir o episódio dessa semana, que passou no Showtime, dos EUA, e me deu uma puta vontade de escrever sobre a série.

Ela é muito boa. E é boa porque é real. Não tem um enredo maravilhoso, ou histórias cativantes. Seus maiores atrativos são as personagens, mais especificamente duas: a Jackie (Edie Falco) e Drª. O’Hara (Eve Best).

Jackie é uma enfermeira nada ética. Ela é viciada em Vicodin, falsifica assinaturas para aprovar transplantes de órgãos e muitas outras coisas erradas. É considerada um House, na versão feminina. Jackie é a personagem que tem mais falhas: ela luta para manter a família junta, mas trai o marido com o ex-colega de trabalho Eddie. Sempre conta com O’Hara, sua amiga e parceira de almoço. Não importa qual é o problema, Jackie sempre estará lá para resolvê-lo.

O’Hara. Ela é a personagem mais legal da série, justamente porque é um mistério e inconsistente. Ela vai de completamente alheia às coisas a sua volta à querer abrir uma poupança para pagar a faculdade das filhas de Jackie. Na segunda temporada descobrimos que O’Hara é bissexual e tem até uma namorada, com quem anda tendo alguns problemas conjugais. É extremamente engraçada, mas não porque tem boas piadas, mas por suas caras e bocas e reações inesperadaas. Pra ter uma idéia, ela se divertiu jogando confetes pra cima na festa de aniversário de uma das filhas de Jackie. Me lembra um pouco a Cristina, de Grey’s Anatomy.



Bom, galera, eu acho que vocês deveriam dar uma chance à Nurse Jackie. Vale muito a pena!

Valeu e até a próxima!

Pôsteres

Vários pôsteres de séries tem saído na internet. Vou postar alguns aqui.

True Blood: Tem SEMPRE os pôsteres mais legais. Vou até começar a assistir.

"Amigos não deixam amigos beberem amigos."

"Desaparecido"

"Pegue seu refil."

"Não desejarás teu vizinho."

"Nada como uma boa xícara de Joe."

Nurse Jackie

Treme

United States of Tara

Gossip Girl

"A 'vaca' está de volta."

Cool, né?! Espero que tenham curtido, porque eu curti muito.

Valeu e até a próxima!

Ah, séries novas…

Bom, eu terminei de assistir Lipstick Jungle, larguei Cold Case e Damages (Luto, #SaveDamages) e Lost estão acabando, então decidi procurar novas séries para assistir. Escolhi três: Modern Family, Southland e Nurse Jackie. Agora eu vou falar da minha impressão:

1. Southland

Vou ter que escolher outra. Acabei de saber que Southland foi cancelada. Pois é, justo agora que fui assistir. Não faz mal… a série é legal, mas não é um Without a Trace da vida. É paradinha, mas eu ia dar uma chance a ela. Ia mesmo, mas não vou continuar a assistir uma série que vai acabar.


2. Modern Family

Tá, Modern Family é legal e tal… dá pra rir. Mas cadê aquilo tudo? Todo mundo fala que é a melhor comédia no ar hoje. Talvez eu não ame ainda porque tô no sétimo episódio, mas sei lá. Se for assim, tenho que dar várias chances a todas que abandonei nos primeiros cinco episódios. Mas enfim… vou continuar assistindo porque AMO a Sofia Vegara (Glória), que fez uma série que passou no SBT chamada Corretoras e que eu adorava. Gosto também da Haley, que fez a filha da Wendy em Lipstick Jungle.


O núcleo mais engraçado da série é, sem dúvida alguma, o do casal gay. São eles que me fazem rir. A cena da menininha de peruca foi incrível. Quase me mijei de rir. É.

Os criadores/roteiristas lidam muito bem com o assunto principal da série: as novas configurações da família. Eles usam situações rotineiras para mostrar como uma família grande e diferente lida com os problemas. E essa é a graça: são coisas comuns. A mãe maluca e superprotetora e o pai desligado e idiota. Como não rir? Bom, assistam Modern Family, vale a pena. É uma série com episódios pequenos (20 minutos), mas que alegram seu dia.

3. Nurse Jackie

Foi paixão a primeiro episódio. Pronto. Me fisgou e agora vou até o fim. Eu sabia que ia gostar, por isso enrolei tanto pra ver. Nas séries médicas (Grey’s Anatomy, House) você é levado a desprezar enfermeiras. E você acaba desprezando. É natural… Daí você vai e assiste Nurse Jackie. É quase instantâneo seu ressentimento com os médicos que te fizeram odiar as pobres moças que trabalham como cães e não recebem o crédito. Como a própria Jackie disse: “Os médicos estão aqui para fazer o diagnóstico. NÓS curamos.” E não duvido muito disso não. Elas que limpam os vômitos, dão banho, limpam as cagadas.

Tá certo que a Jackie é praticamente uma médica. Ela viu que o cara tinha uma hemorragia no cérebro só de olhar para ele. Ela é uma mulher forte, esforçada e que ama a profissão. Mas é viciada em Vicodin (não tinha nada melhor? Acho que se colocassem maconha ia ser mais engraçado e não seria plágio) e trai o marido. Trai de tirar a aliança do dedo. =O É bom ver uma personagem principal com um comportamento antagônico. Você se sente menos filho da p**a.

E o Dr. Cooper (Peter Faccineli, o Carslile de Crepúsculo e o Gregory Malina de Damages)? Muito canastrão. Engraçado mesmo. Meio idiota, arrisco dizer. Haha

Assistam, tenho certeza que vão gostar! ;D

Espero que tenha ajudado… Agora algumas notícias e promessas.

* Damages foi cancelada pelo FX, mas pode ser salva pela DirecTV. Tomara.
* Prometo colocar em dia The Good Wife e Nurse Jackie até semana que vem.
* Esse fim de semana coloco Modern Family em dia.
* Quem sabe não começo “The Tudors” esse mês ainda?
* Vou assistir “The Pacific”, só não sei quando.
* Já estou com Alice (da HBO) em mãos, devo assistir no fim de semana. UHU!

Bom, é isso… Valeu e até a próxima!